VI Semana Acadêmia de Moda encerra com Desfiles Conceituais

Desfile de encerramento acontecerá no Estrela do Oeste Clube

 Rodrigo Bessa

A VI Semana Acadêmica de Moda  na Faced  encerra com desfiles conceituais no Estrela do Oeste Clube (sede urbana). O evento é um projeto interdisciplinar com ações centradas na integração do corpo docente e discente dos cursos de Design de Moda e Bacharel em Moda da Faculdade de Arte e Design (FACED). Os espaços da instituição contam com exposições e estão de portas abertas para participação da comunidade e empresários do setor confeccionista de Divinópolis.


A coordenadora do curso, Cristiane Victer, disse que essa semana acadêmica visa estabelecer uma aproximação entre a moda e mercado de trabalho.

- A Semana Acadêmica de Moda foi criada para incentivar e divulgar a pesquisa científica e a prática empresarial e social, constituindo-se num momento de apresentação das experiências e dos estudos realizados pelos professores, alunos, egressos e colaboradores da faculdade. O evento busca contribuir para o fortalecimento de uma cultura científica ligada ao ensino e à aprendizagem na área de moda. O curso nos últimos anos vem conscientizando o mercado com ações para a inserção do designer de moda, uma profissão ainda pouco conhecida. O designer tem uma formação ampla, com disciplinas ligadas a cultura em geral, práticas como desenho, desenvolvimento de coleção e modelagem, fotografia, entre outras. Por isso, ele tem a possibilidade de trabalhar em vários segmentos no mercado de moda - relata Cristiane. 

 

a


Para ilustrar o tema "os cinco sentidos", foram propostos dentro do evento instalações e oficinas na faculdade, pertinentes à expressão da experiência estética e mercado de moda. Além de palestras, mesa redonda e exposições dos alunos, o evento encerra na terça-feira com desfile de apresentação das criações conceituais desenvolvidas na disciplina trabalho de conclusão de curso da turma do 8° Período.


As alunas Gil de Pádua e Grace Kelly irão apresentar coleções inspirada no tema vestido de noiva no contexto histórico e cultura. Os estudantes afirmam que é possível escolher outros modelos de vestidos na contemporaneidade, além do tradicionais oferecidos no mercado.


- Os nossos desfiles trazem ousadia, inovação e cores. O vestido de noiva é uma costura de tradição com toque de modernidade. Uma peça do guarda-roupa feminino que tem o poder de fazer a mulher se sentir em algum momento de sua vida, como uma princesa no conto de fada. - argumentam.

a

As alunas Alynny Palhares e Patrícia Half Resende desenvolveram peças inspiradas na cultura e artesanato das cidades Ribeirinhas do Rio São Francisco. Elas são da opinião que é necessário valorizar as culturas regionais e, principalmente, o artesanato.


- A escolha do tema se deu pela paixão que temos pelas expressões culturais das cidades ribeirinhas, e pela visão de atingirem uma classe de consumidores ainda pouco visada no mercado da moda, ou seja, um público-alvo que valoriza o trabalho do artesão - expõem.


As estudantes Camila Drumond Rolim e Ligia Aparecida Gontijo investigaram sobre a evolução do vestuário do ciclista. Segundo a pesquisa realizada pelas alunas, o foco principal do vestuário desses esportistas são os tecidos tecnológicos.


- No vestuário, os tecidos tecnológicos são usados tanto nas confecções de roupas como nos acessórios do ciclista. Através de nossas pesquisas descobrimos como é grande a quantidade de tecidos tecnológicos no mercado. São tecidos que protegem dos raios solares, contra bactérias, outros que não deixam o atleta encharcado de suor e também aqueles que ajudam a reduzir dores musculares causados pelo esforço feito du4rante a pedalada. Sobre o mercado, podemos perceber que ele cresce e rende milhões, incluindo no vestuário - arremata.